Abrir

Blog

Ver mais artigos
25.08.2017

A importância dos jogos de tabuleiros

#Conviva

É possível saber mais sobre uma pessoa em uma hora de jogo do que em uma conversa, disse Platão. Isso porque, o jogo é um ato natural do ser humano e desperta os mais primitivos instintos. Além do caráter lúdico e divertido que proporciona ao jogador, os jogos também desenvolvem funções que vão além do entretenimento, envolvendo aspectos sociais, cognitivos e afetivos do participante.

Para as crianças, os jogos contribuem para a socialização, incentiva os pequenos a conhecerem e obedecerem as regras e limites e também ensino o respeito ao próximo, princípios fundamentais para se viver em sociedade. Bem como questões como aprender a ganhar e também aprender a perder, assim, desenvolve a segurança emocional, compreendendo que esta prática é inerente ao jogo, e que aquele que ganha, não é melhor do que aquele que perde.

O lado cognitivo desenvolve às competências acadêmicas, como por exemplo: habilidade de raciocínio, estratégias, comunicação, administração, inteligência emocional, liderança, concentração, negociação, entre outras.

A Assomensana ( Associação para o Desenvolvimento e Potencialidade das Habilidades Mentais, sigla em italiano) realizou uma pesquisa sobre os jogos de tabuleiro e descobriu que estes jogos moldam novas formas mentais e, graças à companhia de outras pessoas, produzem efeitos positivos no cérebro dos participantes.

Os jogos de mesa, incluindo os de baralho, com mais de dois jogadores as redes neurais e estimulam os neurônios a fazer contato uns com os outros, aumentando importantes “reservas” do cérebro.

Para contribuir com o lazer e também com o desenvolvimento dos nossos clientes, os empreendimentos da W Koerich Imóveis possuem modernas salas de jogos, completamente montadas e equipadas, esperando apenas por um desafio. Aproveite o fim de semana e divirta-se.

Outros artigos relacionados

Ver mais artigos

Deseja um atendimento personalizado?

Deixe que a construtora entre em contato com você